Psicoterapia

 

O que é?

 PersonaAquarela

Um conceito clássico: psicoterapia é o tratamento, que utiliza de meios e recursos da psicologia para abordar problemas de natureza emocional, afetiva, comportamental e cognitiva, no qual uma pessoa treinada deliberadamente para isso, estabelece um relacionamento e um vínculo profissional específico com outra pessoa, cujos referidos problemas a fizeram procurar auxílio e esclarecimentos sobre os mesmos. O objetivo, à princípio, é de remover, modificar ou retardar sintomas existentes, interferir em padrões de comportamento deficientes ou disfuncionais, promovendo o crescimento, a evolução positiva da personalidade e o bem estar daquela pessoa.

 

Tecnicamente, existem vários modelos a serem seguidos na condução de uma psicoterapia. Todos são baseados nas propostas de diversas perspectivas teóricas que lançam o olhar sobre determinados “sintomas”, “queixas”, dificuldades individuais específicas, ou formas de ser no mundo. Isso tornou-se possível a partir do conhecimento adquirido e aprimorado ao longo dos anos, que tanto a experimentação científica quanto as práticas psicoterápicas deram à psicologia.

 

Sendo assim, tem-se hoje a possibilidade de se fazer uso na psicoterapia de uma abordagem ou uma técnica que mais se sintonize com aspectos subjetivos do paciente e do terapeuta, e da relação estabelecida entre ambos na terapia (pois esta não é impulsionada somente pela teoria, mas sim pelo relacionamento paciente<->terapeuta). Isto é, direciona-se ou baliza-se a terapia, de acordo com o problema específico, o tempo de que se dispõe, os recursos, os objetivos que se pretende atingir, a visão de mundo das pessoas envolvidas, suas histórias e culturas, suas crenças etc.

 

Em geral a pessoa que procura um serviço psicoterápico, necessita, por motivos diversos e alheios à sua vontade e/ou consciência, uma explicação, um clareamento, uma nova perspectiva sobre determinada realidade que se configurou em sua vida. A dor, o sofrimento, as crises, a solidão, a falta de sentido, são condições precípuas para o nosso amadurecimento e crescimento enquanto pessoas. Ocorre que nem sempre sabemos enfrentá-los positivamente e pode acontecer inclusive de, ao invés, bloquearmos todas as possibilidades, perdermos o rumo e nos desorientarmos completamente.

 

É quando podemos lançar mão do recurso da psicoterapia, na qual iremos experimentar uma escuta acolhedora e confiável, uma presença e uma companhia inestimável a nos seguir e dar esperança, a nos ajudar a reconquistar nossa liberdade, autonomia e força diante das dificuldades e percalços da vida.

 

O processo pode ser longo. Às vezes difícil e doloroso pois, à princípio, ele se dá em razão de um problema, uma dor, um comportamento, uma emoção que vai estar sempre em perspectiva. Mas com perseverança e confiança a ser readquirida também ao longo deste processo, tudo é possível.

 

Psicoterapia é aprendizagem e a aprendizagem modifica, pois aprender é criar. Criar um novo modo de ser no mundo, de dar sentido e conviver com os problemas, com as dificuldades, com os limites, com a solidão, com a morte, com as pessoas com as quais lidamos diariamente ou com a ausência destas etc. E quando percebermos, aquilo que nos trouxe a um consultório não existirá mais, não fará mais sentido ou não o mesmo sentido de antes.

 

Leia Também:

Quando a Psicoterapia é indicada?

Algumas Técnicas e Abordagens:

Em busca de Sentidos (Logoterapia)

Reformulando Emoções (Psicoterapia Breve)

Mudando o pensamento (Terapia Cognitiva)

 

 

 

 


 Home

 

 

  Site Map